4 de jun de 2012

Capitulo 17 The End

Ainda é o Sterling narrando 


- Já chega , onde esta a minha filha - Dianna , mãe da Demi empurrou a porta contra mim , me fazendo cair no chão com o impacto que ela criou quando quase bateu contra meu rosto 


- Você vai ficar ai caído não chão ou vai me dizer onde ela esta - eu me levantei ainda um pouco tonto , pra uma senhora ela era bem forte kkkk (Olha o respeito com a Tia D  Knight) 


-Eu não sei onde ela esta , Dona Dianna - eu falei gaguejando , admito tinha medo da minha "sogrinha"


- Ah você não sabe onde ela esta , jura que não sabe - ela me encarou e eu apenas fiz sinal de Sim com a cabeça 


- AH ENTÃO VOCÊ NÃO SABE ONDE MINHA FILHA , GRAVIDA COM UMA CRIANÇA DE 7 ANOS SE METEU , ELA ME LIGOU HOJE DE MANHA PEDINDO QUE EU COLOCASSE ALGUM DINHEIRO NA CONTA DELA E ME DISSE QUE VOLTARIA LOGO , EU VENHO A CASA DELA E ELA NÃO ESTA , E VOCÊ AINDA TEM A PACHORRA DE ME DIZER QUE NÃO SABE PRA ONDE ELA FOI  - Ela gritava histericamente cada palavra que chegava a ensurdecer meus ouvidos 




Demorei MUITO tempo pra fazer com que a Dona Dianna ficasse calma e  fosse embora , ela saiu me jurando de morte se eu não encontrasse a filha dela em 4 dias , e ela mesma faria isso , com as próprias mãos , eu não sabia mais o que fazer , tentei ligar pra ela , varias vezes mais seu celular estava fora de areá, tentei algumas amigas próximas a ela mais nenhuma sabia onde ela estava , subi para o quarto pra ver se descobria alguma pista de onde ela poderia ter ido , abri uma caixa velha de recordações dela e avistei logo em cima de todos os papeis essa foto 





Mais é claro , por que eu não pensei nisso antes , mais eu não tinha contato nenhum da Miley ou da Selena 
Mais espera , tem o telefone de uma pessoa que me seria muito útil 


Joe narrando 


Levantei com calma da cama , ao ouvir meu celular apitar 


Era uma ligação do Sterling , agora é só o que me falta o que aquele cara queria comigo as 02:02 da madrugada (gente lembra fuso horário)


- Alo - entendi ainda com a voz sonolenta 


- Oi , Joe é você ?


- Sou Sterling , o que você quer ?  - perguntei tentando acabar rápido com aquela ligação 


- Joe , eu preciso da sua ajuda - minha ajuda , era só o que me faltava 


- Minha ajuda ? , e eu posso saber pra que


- A Demi , cara ela foi embora , pegou uma mala , uma mochila com coisas da Mitchie e foi embora 


Embora ?? , como assim , o que sera que aquele cara fez pra ela ir embora , mais quer saber eu não ligo , a mulher é dele não é .


- E o que eu tenho a ver com isso ?


- E ai que ela ta gravida cara , sabe o quanto é perigoso ela estar por ai , com uma criança pequena e outra no ventre - O tom de voz dele ficava cada vez mais agressivo, ele pensava que naturalmente pelo meu tom de voz que eu não ligava para o que poderia vir a acontecer com ela 


- E ai o que eu tenho a ver com ela e essa crianças ? - eu não podia demostrar que estava realmente preocupado 


- Porra Joseph , da pra largar a mão de ser insensível e pensar um pouco no que eu acabei de falar 


- Repetindo , E ai e o que eu tenho a ver com isso ?  - disse pausadamente 


- E ai Joseph , que a criança que ela ta carregando na barriga , sabe se la onde , é seu filho cara , SEU FILHO - ele gritou a ultima parte , por um instante eu não sabia mais onde eu estava 


Demi narrando 


Peguei Mitchie na casa da amiga dela e a levei comigo para o aeroporto 


Mitchie estava confusa não sabia por que estávamos ali , é  pra falar a verdade nem eu , eu queria entrar naquele carro , voltar pra casa e pular nos braços dele, dizer pra ele que  até pro fim do mundo com ele se ele quisesse , mais a atitude dele só me provou uma coisa , ele não me amava de verdade e tudo que tinha feito por mim tinha sido por pena , pura pena 


Não me imaginei pegando aquele avião de novo , tudo de novo , mais hoje eu não ia para relevos nem nada , eu ia apenas pra receber um abraço e talvez um sincero Calma , vai ficar tudo bem 


O Motorista do táxi me olhava estranho , e também com razão , eu só não vestia a roupa da festa , mais meu cabelo e maquiagem deveriam ter ido por aguá a baixo com toda aquela correria , Mitchie como já era de se imaginar tinha dormido o caminho todo até a casa da Miley 


Bati na porta 3 vezes , e ninguém atendeu também 06:00 horas da manha , quem vai estar acordado ? , naquela casa pelo menos ninguém 


Ouvi um som vindo da rua , me virei e vi um gato que havia acabado de derrubar a tampa da ligeira da Miley , quando me virei de volta para porta , me deparei com um Nick cansado , ele vestia uma pijama e segurava Nate nos braços enquanto o dava de mamar  com a mamadeira 
Ele me olhou de cima abaixo , minha barriga já estava bem grande e era de se notar o grande volume sobre o meu cassaco , Tinha não mãos uma criança que dormia e aos pés uma mala pequena e uma mochila 




- Demi ?? - ele perguntou percebendo que se tratava de mim 


- Posso entrar , por favor - meus olhos já estavam marejados , sabia que eu ia chorar assim que visse um deles , sabia também que naquela casa ,estavam algumas das poucas pessoas que realmente me apoiaram em tudo e dariam a vida por mim , Nick me ajudou com a Mitchie a pegando no colo enquanto eu entrava pegando Nate no colo 


- Vou colocar ela no quarto da Hannah e vou chamar a Miley , já volto - ele disse subindo as escadas , ia pedir que não acordasse a Miley mais ele subiu as escadas rápido 


----------------------------------------------------


Eu já estava a quase 3 horas explicando pra eles toda a historia , desde a gravidez até Sterling , Miley ficou chocada quando soube que o bebê era do Joe , e não do Sterling como era de se imaginar , já que estávamos juntos desde de quase o inicio da gestação 


Selena estava no hospital , havia passado mal durante a noite e tinha ficado em observação no hospital por causa da gravidez , nada para se preocupar Alex , minha afilhada estava bem 


Tomamos café juntos entre lagrimas e algumas risadas , como eu sentia falta daquilo , Hannah tinha acabado de acordar , Mitchie ainda dormir , ela estava surpresa por me ver lá , mais estava feliz 


Ouvimos a porta da casa abrir , mais não estranhamos , agora com as duas crianças Miley tinha contratado uma diarista de também tinha a chave da casa 


- Demi , a gente precisa conversar - Ele definitivamente era a ultima pessoa que eu esperava ver ali 




Joe narrando (alguns minutos atras)


Sterling tinha me contado coisas que eu nunca iria imaginar , eu era pai , algo que eu sempre quis ser , Demi  tinha realizado o meu sonho , DUAS vezes , aquela garotinha com aquele sorriso adorável era minha filha , eu tinha uma filha e tinha um meninão a caminho , não tinha como ficar mais feliz , duas noticias maravilhosas no mesmo dia , mais como eu faria para falar com ela , ela estava frágil, tinha acabado de terminar com o Sterling , e estava gravida , a semanas de dar a luz a um filho meu , eu não podia ser grosso com ela , e nem queria , mais como , eu iria ter o único amor da minha vida de volta ??? 


Me arrumei e esperei o sol sair para ir até a casa da Miley , não queria ser posto pra fora com pontapés por ter acordado ela cedo demais 
---------------------------------------------------------------------------


- Joseph , não temos nada pra conversar ok ? - Demi se levantou , ela estava tão linda , a blusa solta que ela vestia deixava sua barriga tão linda , e pensar que o meu filho estava lá , meu meninão 


- Espera Demi , vem aqui por favor - eu me virei para ir atras dela , ela seguiu para os fundos da casa da Miley , Nick se colocou na minha frente tentando me impedir de ir até ela , o empurrei levemente , Nick me olhou serio mais depois liberou o caminho 


Demi estava sentada em uma cadeira de descanso que havia lá , Me sentei ao lado dela , em uma cadeira  semelhante 


- Temos muito o que conversar  - eu disse enquanto me ajeitava na cadeira , que pra mim não era nem um pouco confortável 


- Já disse não tenho nada pra conversar com você - ela olhava para o céu que já estava bem claro , mostrando que teríamos um dia ensolarado 


- Então só me deixa te fazer uma pergunta ? 


- Vá em frente - seu tom era grosso , ela realmente não queria conversa 


- Por que escondeu isso tanto tempo de mim 


Ela me olhou com os olhos arregalados e começou a gaguejar 


- Eu ... eu não sei sobre o que você esta falando - Ela se levantou e tentou caminhar de volta pra dentro da casa mais eu fui mais rápido e parei na frente dela 


- Isso te diz alguma coisa ?  - eu disse colocando minha mão por baixo de sua blusa e acariciando sua barriga , ela me encarou rapidamente , ela estava assutada 


- Eu não quero falar sobre isso - ela tirou minha de baixo de sua blusa e tentou entrar dentro da casa de novo , porem mais uma vez foi impedida , a puxei fazendo com que ela ficasse na minha frente 


- Por que esta fugindo ? , olha pra mim - eu falei um pouco alto quando a vi abaixar a cabeça tentando me ignorar 


- Isso não podia acontecer , você não tinha que saber - Ela me olhava com olhos marejados , podia se ver neles certo medo estampado 


- Por que você escondeu de mim todo esse tempo , por que ? , você sabia como eu queria ser pai , ter filhos ? 


- Dulce já realizou esse seu sonho - ela me encarava , por um minuto eu quis desaparecer , aquela cena voltou a minha cabeça 




-----------------------------------------------------------------------------


Acordei cedo e resolvi lavar o carro , hoje levaria Dulce pra jantar fora , no dia anterior tínhamos descoberto que ela esperava um menino , é eu teria um garotão 
Estava tão ansioso para contar para minha família, claro que nem todos ficaram contentes com a noticia da chegada de um novo herdeiro, mais eu estava feliz 


Terminei de lavar o carro e subi para ver se a Dulce já tinha acordado 


Chequei na corredor a tempo de ouvir suas ultimas palavras ao telefone 


- Sim , estarei ai a tarde , também te amo 


Quando entrei no quarto Dulce estava pegando algumas roupas e colocando em uma mochila


- Aonde você vai amor - eu fui a abracei por tsar e lhe dei um beijo 


- Vou pra casa da minha mãe ela quer cuidar um pouco de mim , já que o bebê pode nascer a qualquer momento - ela disse se esquivando do meu carinho 


- Tudo bem então eu te levo tudo bem ?


- Não - ela disse gritou - eu pego um táxi, não quero te incomodar


- Mais Dulce , sou seu marido , é meu dever e... 


- Já disse que  não precisa , eu já chamei o táxi tudo bem ?


- Ok - aquela historia estava muito estranha mais eu ia tirar isso a limpo , e ia ser hoje 


O Táxi chegou e Dulce saiu , entrei no meu carro e fui pra casa da mãe dela , como eu imaginava ela não estava lá , mais eu já sabia onde ela estava 


Segui até a casa do Daniel , secretario do pai da Dulce , na empresa em que eu trabalhava , eu já duvidava , mais não querida acreditar


Quando cheguei lá , vi Dulce na porta da casa dele , enquanto eles conversavam , minutos depois eles entraram se beijando , eu já deveria imaginar , e agora tinha certeza também que aquele filho que ela esperava não era meu 


Voltei para casa e tirei quase todas as minhas coisas de lá e levei para o meu antigo apartamento , parece que a partir de hoje eu era um homem solteiro 


---------------------------------------------------------------------------


- Ela te traiu não é - Demi me encarou enquanto uma lagrima solitária escorreu  pelo meus olhos 


Eu apenas movi a cabeça em forma de afirmação e senti o olhar de pena dela sobre mim , não queria que ela me encher casse assim


- Joe , olha pra mim - ela me chamou enquanto eu baixava a cabeça - hei me escuta 


Eu levantei a cabeça e a encarei 


- Sei que deve doer ,vai pra mim já passei por isso - ela disse em tom irônico - mais a gente supera , quando temos pessoas maravilhosas ao nosso lado tudo fica mais facil 


- De que adianta pessoas maravilhosas , se a que eu amo não vai me apoiar 


Ela baixou a cabeça colocando uma mecha de cabelo atras da orelha , ela não sabia como aquele gesto meigo me deixava maluco por ela 


- Não faz isso - eu não aquentei , precisava fazer isso , ela me provocava mesmo sem saber , aproximei ela de mim e juntei nosso lábios de forma carinhosa e urgente 


Sabia que aquilo podia não significar muito pra ela , mais pra mim era demais , eu tinha o meu mundo nas mãos , quer dizer 2 partes dele 


Ela começou a separar o beijo com selinhos molhados e eu pudi sentir as lagrimas caindo pelo seu rosto 


- É isso mesmo que você quer ?


- Ficar com você ?


- Sim , é isso que você quer ?


- Com toda a certeza do mundo 


- Sem mentiras ?


- Sem mentiras , nunca mais 


- Então tudo bem - eu não estava acreditando naquilo , era verdade ela ia ser finalmente minha , puxei ela para mais um beijo seguido de outro e diversos mais , até sentir um pequeno chute da sua barriga , meu pequeno queria ser notado 


- Hei meninão , sou eu o papai - eu disse enquanto ficava de joelhos para acariciar seu ventre 


- Já tem um nome ? - perguntei enquanto distribuía diversos beijos por aquela região


- Zac , eu e o Ster que escolhemos 


- Ster , não gosto desse cara - eu disse me levantando agora encarando ela 


- Pense bem , se não fosse por ele você não saberia que temos filhos juntos 


- É , Tem razão , mais mesmo assim não gosto dele , eu vou escolher o nome do nosso filho 


- Ah , Joe , mais eu gostei tanto desse , e mesmo não estando mais comigo Ster significou muito pra mim durante a gravides do Zac 


- Eu sei amor , eu sei , então fica assim , O primeiro menino vai ser Zac , os outros 10 eu escolho ok ?


- Como assim 10 , Joseph você esta ficando maluco - ela me  olhou indignada , era tão lindo olhar pra aquele sorriso sapeca dela 


- Ué , nunca te disse que queria ter um time de futebol inteiro , então Zac sera o goleiro , ainda precisamos de atacantes , reservas , centro avante... 


- Já chega , você esta me achando com cara de que , fabrica de bebê ?


- Hum quem sabe kkk


- Nesse caso ache uma fabrica  disponível por que essa esta fechada


Ela entrou na casa da Miley e eu fui atras 
(Eu vou colocar assim pq agora vai ficar um pouco confuso de entender)


Demi - Não , eu não quero - ela disse com voz de choro , minha gatinhas era uma boa atriz kkk


Joe - Não estou falando pra você escolher - Eu puxei ela pelo braço em um tom um pouco agressivo mais não para machucar ela 


Nick - Hei , Joseph , ta na hora de parar com essa palhaçada , você vai machucar a Demi 


Joe - Palhaçada - eu soltei o braço dela e fui em direção ao meu irmão 


Joe - Palhaçada é ela não querer tem um time de futebol comigo ,  ela acha que só 2 filhos são o suficiente , mais eu discordo disso , mais ela me escuta , claro que não - Demi ria litros atras de mim , a cada frase trocava os tons de voz fazendo meu irmão ficar confuso 


Miley - Amor , acho que eles se acertaram - Miley tentou sussurrar para o marido , mais ela nunca foi boa nisso 


(Voltando ao normal )


- Serio ? - disse o Nick me olhando com espanto 


- Sim , mais apenas por um tempo , se ela se recusar a me dar quantos filhos eu quiser ai a gente vai brigar feio 


- Miley , ele ta me achando com cara de maquina de fazer bebê , só pode - Demi ria , mais parou quando levantou a  cabeça e viu que Miley estava chorando 


- Amor aconteceu alguma coisa - Nick viu a reação da Demi ao olhar pra Miley e fez o mesmo se dirigindo a ela em seguida 


- Nada - ela disse com a voz embarcada 


- Miley , aconteceu sim olha pra mim - eu disse me dirigindo a minha amiga enquanto segurava sua mão 


- Eu , eu esperei tanto por isso , ver vocês juntos de novo é demais pra mim - ela começou a chorar mais ainda acordando as nossa filhas que desceram correndo 


Depois de acalmar um pouco a Miley eu chamei Mitchie e Joe , precisávamos conversar 


Não foi facil explicar pra Mitchie toda a historia de Pai , e tal , no começo ela não acreditou , ficou nervosa disse que eu estava mentindo , que o Ster era o pai do Zac e dela , Joe então resolve conversar com ela sozinho e eu não sei como mais ela se mostrou mais compreensiva e aceitou a ideia 


Agora pela primeira vez em anos , eu podia colocar minha cabeça no travesseiro e dormir em paz 


Afinal eu podia morrer amanha mais teria a certeza de que eu fui feliz 
----------------------------------------------------------------------------
Demi - narrando 


- Demi , já te mandei ficar quieta - Miley estava gritando comigo , afinal já fazia mais de uma hora que estava tentando arrumar meu cabelo e eu tentava fazer minha maquiagem .


Hoje eu iria me casar , sim era hoje 


Joe e eu resolvemos que seria uma cerimonia simples realizada no quintal da casa dele , apenas para parentes e amigos íntimos , A cerimonia fora organizada as pressas pois de acordo com Denise minha sogra , seria melhor casar  antes do bebê nascer , já que depois teríamos trabalho em dobro , afinal um bebê chegando , Mitchie estava mais rebelde e queria atenção a qualquer custo , não seria fácil conciliar tudo isso e um casamente , e não queríamos deixar pra fazer isso quando os dois já estivessem maiores 


Justin estava tentando sem conseguir ninar Carter , filha dele com a Sel 


Agora você se pergunta o que ele esta fazendo em uma sala cheia de mulheres andando pra lá e pra cá , simples se ele tirar Carter de perto da Selena ela surta , sim e pra uma recém nascida prematura , ela tem bastante força naqueles pulmões kkk


- Demi eu já tem mandei ficar quieta - repetiu Miley , mais uma vez enquanto tentava arrumar o coque que tinha feito no meu cabelo 


- Mi , eu não consigo , eu to nervosa ok , A Denise que não aparece com o vestido , a Sel e o Justin tendo que se virar nos 30 pra cuidar da bebê e me ajudar , e se o Joe me deixar , e se ele não aparecer , eu não sei o que eu faço - eu disse afundando minha cabeça na poltrona em que eu estava sentada 


- Amiga relaxa ok - Miley disse me virando e terminando minha maquiagem - desse jeito você vai surtar antes de ver o Joe kkk


Eu já estava surtando ai ela me vem com essa , como ele deve estar , sera que ele esta lá e se ele não aparecer , não Demetria esquece isso , relaxa e esqueci


Denise entrou correndo pela porta com duas grandes caixas 


- Chequei , quase que o vestido não fica pronto a tempo - Respirei fundo tentando ignorar a simples hipote-si disse ter acontecido 


- Isso tia D , mata mesmo a garota - disse Miley enquanto pegava a caixa maior de suas mãos e abria , ela e Selena se  olharam rapidamente e depois encararam Denise 


- Foi ele que desenhou - perguntou Miley 


- Sim , veio com um bilhete junto 


Denise me estendeu uma folha de papel 


Hei , pequena , lembra quando eu te disse que você ia casar com um desenho meu , então ta ai , minha peça rara , tive que fazer uns ajustes por que a família é sempre a ultima a saber quando você fica gravida né 
Bom , espero que goste 
Te Amo


Logan Lovato 




- E ai gostou - disse Miley estendendo o vestido pra mim 


- Eu Amei - respondi com algumas lagrimas nos olhos 


Denise e Selena me ajudaram com o vestido enquanto Miley terminava minha maquiagem 


Já estava pronta , ainda não tinha me olhado no espelho mais sabia que estava perfeita 


Denise me puxou para um rápido abraço e sussurrou ao meu ouvido 


- Meu filho é um homem de sorte 


Selena me puxou e repetiu o ato me desejando boa sorte , Miley já foi mais bruta me puxando em direção a porta que daria em uma das entradas para o jardim 


- Espera eu ainda não me olhei no espelho 


- Não temos tempo pra isso 


- Por favor Mi - eu disse entrando na pequena sala que havia sido arrumada apenas para aquele dia 


- Tudo bem - Miley me seguiu e ajeitou o grande espelho que eu pudesse me ver , elas tinham razão eu estava maravilhosa 


                                          Vestido 


Cabelo




                                      Maquiagem








Continua ...


O próximo capitulo só tem mais uma parte da historia e o resto é momento desabafo , espero que gostem 


Até mais 

2 comentários:

  1. Hey princesa, amei o capitulo, quero sabe o final, tem tag pra ti lá no meu blog bbs >>> http://jemi-everlasting.blogspot.com.br/2012/06/hey-more-tag.html

    ResponderExcluir
  2. awn q lindooooo q bom q vc voltou... quero maiiiiiiisssssssss

    ResponderExcluir